You are currently viewing Os 5 sentidos e o sono

Os 5 sentidos e o sono

Sentir o aroma da lavanda, saborear um chá de camomila, escutar uma música calmante… Tudo isso está ligado aos nossos sentidos. Tato, olfato, paladar, visão e audição nos permitem apreender o mundo a nossa volta, e podem ser grandes aliados no desenvolvimento do bem estar, saúde e qualidade do sono

Os órgãos dos sentidos nos proporcionam uma enorme variedade de sensações, fazendo a ligação entre o meio interno e o externo. Todas essas informações são captadas e levadas até o nosso sistema nervoso central, produzindo respostas que poderão ser voluntárias ou involuntárias. A transformação dessas informações em impulsos nervosos se dá pelo que chamamos de receptores sensoriais, localizados em cada órgão dos sentidos e adaptados a receber um determinado tipo de estímulo. Esses receptores podem ser classificados de inúmeras maneiras, a mais comum sendo de acordo com a natureza do estímulo: quimiorreceptores são aqueles que respondem aos estímulos químicos do nosso corpo; fotorreceptores respondem aos estímulos luminosos; e mecanorreceptores respondem a estímulos como tensão, som e pressão.

Relaxando nossos estímulos

Podemos fazer escolhas conscientes para alimentar nossos sentidos antes de irmos dormir com estímulos que nos ajudem a relaxar e preparar assim uma boa noite de sono. Vale escolher bem os cheiros, as texturas, as cores, os sons e os sabores, sempre com o objetivo de desacelerar, aconchegar e nos proporcionar bem-estar. 

Uma curiosidade: mesmo enquanto estamos dormindo, os nossos sentidos funcionam. Os receptores ficam menos sensíveis, deixando nossas sensações mais reduzidas, porém continuamos recebendo informações o tempo todo.

Durante a fase do sono profundo (REM), caso haja algum estímulo, ele pode ser transformado em um elemento no nosso sonho. Por exemplo, caso acendam a luz do seu quarto, você poderá receber esse estímulo e transformá-lo na visão do sol no seu sonho. Em relação ao paladar, caso alguém fosse colocar algo na sua boca, seu reflexo seria expelir aquilo imediatamente. Já a audição permite que continuemos ouvindo os sons ao redor em atrapalhar nosso sono, desde que esses sejam sons neutros, chamados de ruídos brancos. O tato e o olfato também não param de receber estímulos, podendo a qualquer momento transformar o enredo do seu sonho.

Qualidade do seu sono x sensações

Veja algumas ideias para ajudar nesse processo de relaxamento e bem-estar, antes de dormir:

  • Visão: 

Se você se preocupa com a iluminação do seu quarto ou até mesmo com a cor da sua roupa de cama, já está cuidando do seu sentido da visão. Iluminação quente (amarelada) e com foco indireto ajuda no processo de relaxamento e induz ao sono. A visão de um ambiente bem decorado, com cores e estampas que nos agradem e sejam harmoniosas, também contribui para o bem-estar. Dê preferência a cores mais suaves.

  • Audição: 

Já sabemos que ruídos e barulho atrapalham na hora de relaxar. Então, é importante estarmos em um ambiente silencioso ou acompanhado de uma bela playlist de relaxamento (conheça nossa playlist no Spotify pensada justamente para ajudar a desacelerar). Silencie qualquer aparelho que possa estar atrapalhando ou fazendo ruídos desnecessários, invista em vidros anti-ruídos e não deixe televisões e celulares ligados. 

  • Tato: 

Lençóis de boa qualidade, fronhas de seda e pijamas confortáveis (e lindos!) são parte da rotina de autocuidado. Use apenas tecidos nobres e que permitam a respiração da pele, pois o corpo precisa regular a temperatura ao longo da noite, para que você possa dormir e acordar bem. Tecidos como o poliéster, que impedem essa respiração, têm impacto negativo na qualidade do seu sono. Na Lillas en Provence, todos os nossos pijamas sempre atendem a esses critérios: respirabilidade, maciez, conforto e beleza — além de causarem o menor impacto possível ao meio-ambiente. As fronhas de seda são deliciosas ao toque, geladinhas e ainda ajudam a manter a pele sem rugas e o cabelo sem frizz (conheça as nossas fronhas, feitas de seda pura).

  • Paladar: 

O que você come na hora do jantar também influencia diretamente na qualidade do seu sono. Alimentos leves e não gordurosos facilitam a digestão e, consequentemente, aumentam seu bem estar. Evite bebidas com cafeína (como café e chás pretos) ou com muito açúcar, pois elas afastam o sono. O álcool é outro inimigo de uma boa noite, pois prejudica o nosso sono profundo e pode piorar problemas como apneia e insônia. 

  • Olfato: 

Os aromas são fortes aliados para o relaxamento. O óleo essencial de lavanda possui propriedades terapêuticas calmantes, ajudando no controle do stress, ansiedade e nervosismo. Nosso Pillow Mist é uma excelente opção, feito à base de óleo essencial de lavanda puríssimo e florais de Bach, que trazem segurança e aconchego para você dormir melhor. Basta uma borrifadinha no travesseiro e você terá o mais delicioso perfume de lavanda com todas as propriedades de relaxamento.

Atenção a todos os sentidos

Exercícios de concentração, como as intervenções baseadas em Mindfulness, são outros grandes aliados de uma rotina calmante antes de dormir. Se você preparou todo o seu ambiente para lhe trazer conforto e aconchego, use a prática a seguir para ancorar-se no aqui e agora através dos cinco sentidos, desfrutando ao máximo do seu momento de relaxamento. Sente-se confortavelmente, com a coluna ereta, respire profundamente e, então, identifique mentalmente o que lhe agrada:

  • 5 coisas que você pode ver;
  • 4 coisas que você pode tocar; 
  • 3 coisas que você pode ouvir; 
  • 2 coisas que você pode cheirar; 
  • 1 gosto.

Nossos sentidos são a porta de entrada para a percepção do exterior e ótimas âncoras para a compreensão do nosso interior também. Boa noite!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com quem pode se beneficiar dele também! E conheça nossos pijamas, camisolas, robes, chinelinhos, fronhas, aromas e soluções para o seu bem estar e a qualidade do seu descanso e do seu sono. 

Lillas en Provence, compromisso com o seu bem estar